18.4.09

O Photoshop e a auto-estima

Coisa boa de lidar com pessoas é poder observar o comportamento, as reações delas. Geralmente, a maioria reage da mesma forma aos mesmo estímulos. Às vezes a gente se surpreende - e é aí que mora a beleza.

Trabalhando numa faculdade, tenho contato com gentes de todos os tipos. Há os ricos e os pobres; os que estudaram muito e os que não puderam; os de pensamento rápido e aqueles nem tanto; os bonitos e os feios; os senhores, senhoras e os quase-adolescentes; enfim, pessoas.

Uma oportunidade deliciosa de observar o comportamento das pessoas me apareceu outro dia. Foi necessário fazer fotos 3x4 dos funcionários e, claro, a função coube a mim. Cerca de 40 pessoas posaram para a lente da Cyber-shot aqui da Ascom.

Todo mundo que já tirou uma 3x4 sabe que o formato tem o poder mágico de deixar a gente feio. As colegas mais chegadas, sabendo da minha paixão pelo Photoshop, nem pensaram na possiblidade de não receber uns retoques.

Até aí tudo bem. O negócio foi que a notícia se espalhou e eu acabei "tirando manchinhas" em quase todas as fotos. Trabalhoooso, mas foi legal. E a reação das pessoas me surpreendeu. Acostumada que sou a trabalhar com imagens, não imaginei que isso seria uma experiência singular para alguém.

Nada paga a reação das meninas dos Serviços Gerais quando se viam com a pele melhorada e um pouquinho de maquiagem. "Menina, você faz milagre", "Linda, ficou linda", "Vou aproveitar essa aqui pra renovar minha Carteira de Identidade", "Dá pra colocar batom e lápis?!?!"

Eu só respondia assim: "Você ainda acredita que a Juliana Paes não tem uma celulite na bunda?"

Os meninos também pediram retoques. "Pode tirar mancha do rosto?", "Dá pra fazer a barba?", "Escurecer os cabelos brancos?". Até pra afinar o nariz teve candidato. Pra eles, eu respondia: "Ainda acha que aquelas mulheres de Playboy são perfeitas?"

No final das contas teve gente pedindo para fazer uma "foto maiorzinha", contando pras amigas como ela tinha ficado bem na foto. Todo mundo achando/sabendo que pode ser mais bonita do que no dia-a-dia. Que espelho o quê - cara boa é a do Photoshop.

Acho que não se trata de simples vaidade - nem de não querer se aceitar, nem nada disso. É a velha afeição por si mesmo, a alegria de se sentir admirável e atraente, coisa que faz bem pra todo mundo.

Para mim, pelo menos, fez um bem danado ver as pessoas sabendo que, se precisar, cada uma delas pode ficar "parecendo uma artista".

A minha foto? Mandei uma que eu já tinha, de quando precisei renovar meu RG, recentemente. Sem Photoshop, sem maquiagem - tirada na Kombi que fica perto do Fórum.

Ps.: O título do post é criação de Dudu, que também disse que eu precisava escrever sobre isso aqui no blog.

3 comentários:

Jacky disse...

Interessante relato.
Todo mundo gosta de se ver melhor do que costuma ver. Por isso sou consultora Natura - gosto de me cuidar e é bom proporcionar isto aos outros. Bem estar consigo e preocupação com o meio ambiente é o lema desta marca. Dá uma passadinha no meu blog e confira as novidades.

:)

Michele do Carmo disse...

Eu quero fotos sensuais e uma lipoaspiração no photoshop!

Shirley de Queiroz disse...

Mi,

Conte comigo... É só marcar...